24 de junho de 2016

Assisti um J-drama e o que eu vi me fez chorar

*sniff* 

Pegue o lencinho para a limpar o nariz, porque nesse frio e com esse dorama, fica difícil controlar as coisas que podem sair dali. Nossa Mariana, que belo jeito de introduzir um post.



Koizora (O céu do amor) foi meu primeiro dorama da vida, eu comecei a ver Heirs (coreano) no DramaFever, mas fiquei sem internet para finalizá-lo, então decidi ir na casa dos outros para baixar animes, mangás e... doramas, para ter o que fazer nessa folga da faculdade sem internet

Acontece que eu comecei super bem, escolhi baixar um que me levou do "nhééé mais ou menos, mais ou menos" para um "não vou chorar, não vou, não vooou", buáááá... Isso é sério!

Mika é uma colegial comum, doce e tímida que tem seu mundo transformado depois de ter um beijo roubado pelo Hiro, devo acrescentar que foi bem "do nada" esse beijo e isso a incomodou, porque ela é uma garota romântica e o precisava de tempo antes do primeiro beijo. Mas acontece, até aí tudo normalzinho. Só que, como previsível, ela passa a se interessar pelo rapaz de cabelos descoloridos (e que cabelinho estranho, hein).

Nunca fui boa com introduções e conclusões, mas é basicamente assim que começa essa triste história, com o tempo é explicado esse amor que Hiro já sentia pela Mika antes mesmo deles se conhecerem e os dois entram num relacionamento meigo e o primeiro problema surge, a ex inconformada do rapaz, que persegue e ameaça Mika o tempo todo, depois vem a gravidez, o problema de aceitação dos pais, uma doença, outros amores. Não posso falar mais para não estragar, mas é um turbilhão de sentimentos que este j-drama traz. 

Admito que esperava absolutamente nada deste dorama e que, inicialmente, achei bem bored, não curto muito as atuações dos japas, mas fiquei surpresa quando comecei a ficar com dor de garganta pra segurar o choro. E por mais que eu soubesse o que fosse acontecer, porque é totalmente previsível, ainda assim conseguiu me deixar fragilizadinha.

Resumindo tudo, você vai chorar e ponto.

________________________________________

Estou totalmente por fora dos doramas tudo, então se você é fã, me indique um bem lindo e que eu possa baixar. Preciso conhecer melhor esse mundo. 

{}

22 de junho de 2016

O outro cão que guarda as estrelas, uma fofura escrita por Takashi Murakami

Meu deusô que mangá mais gracinha, socorrooo!!!!

Se você gosta de histórias emocionantes e que envolvam cachorrinhos então não feche este vídeo, já dê seu like e vem comigo. 

Era isso que eu falaria se estivesse fazendo um vídeo... Hahaha Mari baka! 



Esse mangá tem a capa mais linda que eu já vi até agora, não resisti e tive que comprá-lo. Pelo título dá pra saber que tem um anterior "O cão que guarda as estrelas", porém não tinha na livraria quando fui. Fiquei com medo de não entender essa história por não ter o anterior, mas não interfere em nada, ainda bem.

A princípio são duas histórias, mas lá no fim elas se conectam. A primeira mostra uma senhora rabugenta chamada Nagano, mas pensa numa véia chata. Na volta de suas compras ela encontra uma caixinha com um cachorrinho praticamente morrendo, a partir daí seu coração começa a bater de maneira descompassada - digo, você leitor - é de partir o coração aquele cachorrinho, tanto que a velha rabugenta pega ele.


Só que... a razão dela acolher o cachorrinho não era porque ela estava com dó dele, mas sim porque ela acreditava que estava na hora de morrer e iria morrer junto com ele, whaaaaaaat? Pois é, pois é. Só que o dog vai melhorando e com isso mudando a vida dela. A parte fofa é que mostra os pensamentos do cachorro, tão educadinho, kawaii. A parte emocionante fica mais para o final, lágrimas escorreram do meu rosto e eu estava dentro do ônibus neste momento, não deu pra conter. 

A segunda história é ainda mais triste e igualmente emocionante. De um lado, um pug fofíssimo que está preso em um pet shop e não é adotado por ninguém, do outro um garotinho cuja mãe irresponsável o deixava sozinho em uma casa imunda, sem comida e ia sair para namorar - grrrrrrrr


A vida dos dois (menino e cachorro) se encontram muito tempo depois, o pug já não era mais filhote e estava prestes a ser "sacrificado" (pelo o que eu entendi), então o menino o rouba e a aventura dos dois começa e é lindo como termina, mas o processo até o fim é doloroso também. 

O menino, na verdade, quer chegar à casa do seu avô e só rouba o cachorro para "se esconder" da polícia. Depois disso ele decide abandonar o pobre cachorrinho, mas algo importante o faz voltar. Os pensamentos desse pug são aos mais inocentes, é fofo demais. Eu queria um desses pra mim! 

________________________________________

São 173 páginas de pura emoção, vale muito a pena. Espero que tenham gostado da resenha e não deixe de comentar caso tenha sugestões. Até a próxima! 

{}

6 de junho de 2016

5 músicas (novas) que eu estou ouvindo

Hey prettiness! 

Hoje vim apresentar cinco músicas que são novas, para mim, mas que estou adorando ouvir e gostaria de compartilhar com vocês! Coloque um fone (ou não) e dê o play comigo!



1. THIS IS WHAT ROCK N ROLL LOOKS LIKE



Os dias de escuridão caindo em mim
Eu sinto a sede de colocar para dentro de mim
Encrenca, encrenca, vou beber
Como um rei, eu pego a coroa
Mando a dor descarga abaixo
Pois nós somos as crianças que pertencem à noite
Nós vamos entrar nessa, nós vamos começar uma briga


Não é um estilo que eu tenha o costume de ouvir, vocês podem perceber pelas indicações que faço aqui. No entanto, eu gostei da voz dessa mulher, se ela fosse menos pop eu ia curtir mais ainda. Não é que eu não goste de pop, eu adoro. Mas enjoo bem mais rápido.

2. THE SOUND OF SILENCE


Olá, escuridão, minha velha amiga
Vim conversar com você de novo
Porque uma visão um pouco arrepiante
Deixou sementes enquanto eu dormia
E a visão que foi plantada em meu cérebro
Ainda permanece dentro do som do silêncio


Me arrepiou a espinha, os pelos, a alma... Eu amo essa música (original) mas achei a versão do Disturbed excelente, ouvi umas 10x seguidas depois de ter conhecido e compartilhei com todo mundo que conheço, só faltou vocês (apesar de que... já indiquei essa música nos melhores do mês), indico de novo porque o blog é meu e eu amei MUAHAHA!

3. STONE COLD

Não quero ser fria como pedra, como pedra
Eu queria realmente sentir isso, mas aqui está meu adeus
Oh, eu estou feliz por você
Saiba que eu estou
Mesmo que eu não consiga entender
Se a felicidade é ela
Estou feliz por você


Não sou muito fã da Demi, mas que ela tem um vozeirão, isso não dá para negar. E nessa música em particular eu achei bem agradável de se ouvir apesar da letra meio dolorosa.

4. I AM THE FIRE

Eu não acredito que eu vou cair da graça
Não vou deixar o passado decidir o meu destino
Deixe o perdão no meu velório
Leve o amor que eu tenho enlaçado
Eu prometo a mim mesmo, para mim e mais ninguém
Eu sou mais do que isso
Eu sou o fogo


Outra mulher que tem potência na voz é Lizzy Hale do Halestorm. já apresentei a banda aqui anteriormente, então não é novidade que eu goste, mas recentemente conheci umas músicas bem legais deles, Apocalyptic, Mayhem, Amen, decidi compartilhar I am the fire porque eu sou o fogo yeah yeah yeaaah.

5. LENTES

Eu quero ver o que as lentes vão mostrar
Eu quero ver o pôr do sol em okinawa
Escalar o monte fuji só pra degustar
As luzes acesas
Quero ver seus olhos a se esticar
O samurai com a sua melhor katana
Quando chegar em casa é só revelar


Pra finalizar uma brazuca que eu achei muito legal. Essa música foi inspirada na história de uma garota em uma promoção da Sempre Livre, bacaníssima. Ouvi 90x já, haha.
___________________________________________

Espero que curtam o som e não deixe de comentar, indicar músicas, coisas, bater um papo, o que for. Estarei sempre respondendo, mesmo que demore um pouquinho. Até a próxima.

{}

27 de maio de 2016

Café: Uma inspiração diária.

Hey prettiness, tudo bem com vocês? Aqui em Curitiba está muuuito frio e o café, apesar de já ser um companheiro diário, está mais presente agora que está frio. Esse é um post pra você que ama café, frases, fotografias e que busca inspiração nos pequenos detalhes da vida. 


Decidi fazer esse post por 5 razões: 

Primeiro: Eu adoro café.
Segundo: Adoro fotografia.
Terceiro: Tá frio!  
• Quarto: Precisava fazer um post novo.
 Quinto: Precisava atualizar categorias mortas.

A princípio, eu caçaria imagens maravilhosas para compartilhar, faria uma montagem bacana (tipo essa de capa) e seria isso. Mas então pensei "que booooxta". E decidi compartilhar mais do que só imagens de café (Caramba! Reli o que escrevi e... como é inútil a ideia desse post). Onde eu parei? Ah.. é, então, para melhorar e não parecer que só joguei qualquer coisa aqui (o que não é verdade), decidi compartilhar mais coisas com vocês... referentes ao café, claro. São elas:

Você pode seguir o insta do @coffee e curtir imagens incríveis! 


Ou compartilhar essas frases no twitter:

"O amor não precisa ser preto como o café, mas ambos podem ser fortes e doces."
"Primeiro, café. Depois os planos"
"Um café e um amor. Quentes por favor!"
"O que poderia, nesse mundo, ser mais luxurioso do que um sofá, um livro e uma xícara de café"

Fontes: Mensagens com amor e Papo de homem.

Ou compartilhar essas mesmas frases no facebook:

••• Clique na imagem para aumentar e baixar! •••


Espero que tenham gostado do post de hoje. Desculpe a demora para novidades, o tempo está me sufocando. Não vejo a hora de poder voltar a todo o vapor. Até lá,  inspirem-se! 
{}


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...