Filme: A Onda (2008)

09:32

Mais de um professor recomendou este filme, a de história da arte disse "todo designer precisa ver" e a de cinema, pois precisava fazer uma resenha sobre ela, hehe. E aproveitando o fato de que adorei o filme, decidi contar à vocês um pouco da história.

Ela se inicia com a chegada do professor Rainer Wenger ao colégio, acompanhado ao som de rock’n roll, dando-nos uma boa impressão de sua personalidade despojada. 

Rainer queria dar uma aula de anarquia para seus alunos do ensino médio, porém um colega fica com o tema, “obrigando” o professor a preparar aulas de autocracia. Surpreso por ter uma sala com muitos alunos, logo percebe que não estavam ali por interesse na matéria, mal demonstram algum conhecimento sobre o tema. Discutindo em sala, um aluno alega que uma ditadura nos tempos atuais seria impossível e, pensando nisso, Rainer decide demonstrar na prática o que significa autocracia. 

Os jovens, bagunceiros e desinteressados, aceitam a ideia de criar um movimento onde nomeiam Rainer como seu líder, inicialmente levam tudo na brincadeira, obedecendo ao que era dito e se divertindo. Mas um aluno chama atenção com seu entusiasmo e participação, suas expressões e gestos de falar indicava algo mais importante. 

A brincadeira inicial vai mudando, eles se sentem mais unidos, como uma “irmandade” que precisa ser protegida. Cria-se então o movimento chamado de “A Onda”, com logo, uniforme e até mesmo uma saudação. 


Para o uniforme foi pedido que usassem uma camiseta branca. Uma das alunas decide não usar e acaba sendo ignorada por muitos por estar “diferente”, ela começa a perceber a complicação que vai se formando e como os alunos estão levando a sério demais. A situação saiu do controle e o professor estava alheio ao que acontecia fora da aula. Ele não sabia, mas seus alunos estavam conquistando novos membros para A Onda, recriminando quem àqueles que não faziam parte. 

O filme, dirigido com bastante ritmo e cuidado, trata de vários assuntos em paralelo. Apresentando a vida de alguns alunos, a falta de sentido e orientação mostra como podem ser facilmente manipulados por uma ideia assustadora. O roteiro, ainda se preocupou em apresentar tanto o professor quanto os adolescentes, sem dar muito destaque à um ou outro, o que ajudou a identificar a motivação de cada um para a tomada de decisão. 

E ao final de tudo, o professor conseguiu mostrar como é possível trazer a ditadura questionada no início de sua aula, de uma maneira surpreendente, convincente e assustadora.

O filme se passa na Alemanha, mas enquanto eu pesquisava descobri que ele é baseado numa história real que aconteceu nos Estados Unidos. Já pensou se o Terceiro Reich se repetisse? Scaryyy!


Você pode gostar também

10 comentários

  1. poiseh... dependendo do fanatismo, poderosos como Hitler surgem dessa forma... não assisti e não sei se o filme funciona como uma metáfora sobre a ascensão de um ditador ou algo do tipo, mas foi a impressão que me passou ao ler tua resenha...
    vou procurar pra assistir...
    bjs, Mari ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Assista, tenho certeza que você vai adorar. Indiquei para o meu irmão e ele veio com "que massa esse filme!" e blablabla né, hehe. Beijos.

      Excluir
  2. Adorava quando meus professores me indicavam filmes. Ainda não vi esse, fiquei bem curiosa pra assistir, vou tentar baixar =)
    Beijos, amei seu blog <3

    estranhanoparaiso.com.br
    youtube.com/estranhanoparaisoh

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Minha professora indica filme todas as aulas, nem consigo assistir de tanta indicação que é. Haha. Mas já me apaixonei por algumas indicações deles ♥
      Obrigada!!

      Excluir
  3. Esse filme é realmente muito bom, transgressor e cheio de informações importantes. Seus professores foram mestre nessa recomendação e adorei a dica, já conhecia, mas sempre vare para assistir novamente. Gosto de usar em sala de aula.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Imaginei que alguém como você fosse gostar ♥

      Excluir
  4. Pensa se todo aluno levasse para fora da sala de aula, ideias que eram ara ficar somente lá? é de pessoas assim que não sabem diferenciar realidade e ficção, nesse caso a ficção seria a proposta feita pelo professor. Interessantíssimo o filme, e saber que ele foi baseado em fatos reais chega até percorrer um calafrio pela espinha................ gostei e vou procurar assistir. Você tem professores muito assertivos nas recomendações. bjs
    Amoras Com Pimenta ❤

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É bem assustadora essa ideia e pensar que pode e já aconteceu. Realmente acho que todo mundo deveria assistir! Um beijo.

      Excluir
  5. Oi oi
    Quando eu estava estudando eu assisti esse filme.
    No começo parece ser "mais um filme legalzinho" depois as coisas vão esquentando e no final quando mostra que é baseado em uma história real, chega a ser triste!
    Ele é muito bom e realista, cheio de conceitos!!!

    Beijoos
    http://blogmaiscafe.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Legal saber que você já assistiu, eu realmente não esperava tais acontecimentos. Obrigada pela opinião, um beijo.

      Excluir

Mais acessados

Curta no Facebook

Twitter

//]]>