De encontro à uma nova memória

12:45


Imagem original (via)

— Minha senhora. – Uma voz doce soou em meus ouvidos. Senti mãos quentes deslizarem por minha bochecha e pousar em meus ombros – Acorde, minha senhora, o dia já nasceu. – Não abri os olhos, queria sorrir, ele era tão antiquado me chamando de sua senhora. Mas não podia sorrir, pois estava assustada.

— Lily, você está bem? Porque está chorando? – Finalmente abri os olhos e lá estava ele, todo lindo com aquela feição preocupada, eu o abracei forte.

— Você está aqui. – Senti que meu coração estava acelerado. – Eu tive um sonho tão ruim, você não estava aqui e eu corria atrás de você, chamava por seu nome, você não vinha. Eu estava tão triste.
Falkenner me afastou gentilmente e observou meu rosto com preocupação, acariciou meu rosto e sorriu.

— Como poderia deixar minha linda esposa? – Ele beijou minha testa. – Eu te amo, irei a lugar nenhum sem sua doce companhia.

Aquelas palavras... tão amáveis, como eu pude deixar isso escapar de mim. Abracei forte o homem que estava na minha frente. Não o deixaria partir dessa vez.

— Senhorita?

— Que voz estranhamente bela. – Sussurrei de olhos fechados.

Ouvi uma risadinha abafada e abri os olhos assustada. Ao meu lado estava um homem com roupas leves, seus cabelos negros estavam bagunçados e os olhos escuros me observavam, ele era lindo.

— Quem é você?  — Perguntei enquanto me levantava, ele ofereceu a sua mão e eu a segurei desconfiada.

— Meu nome é Gabriel. — Ele me olhou com um sorriso. — Achei que ninguém conhecia este lugar.
 
— É... Eu também. — Disse para mim mesma. Esse lugar era mágico para mim, era só nosso. Ninguém deveria conhecer. Mas é claro que isso era impossível. Notei que Gabriel ainda me observava. — Sou Lily.

— Há muitos Lírios na minha casa de campo. Minha falecida mãe era apaixonada.  — Ele passou as mãos nos cabelos e sorriu. Notei que seu braço estava todo tatuado, mas não conseguia identificar as formas com clareza.

Esse cara era muito estranho. Quem chegaria numa pessoa desconhecida e conversaria tão naturalmente? Ainda mais num lugar desses. Alguma coisa estava errada, mas porque eu não estava assustada? Não estar assustada, me deixava assustada e essa razão era completamente errada. Meus pensamentos estavam começando a ficar confusos.

— Gabriel... — Comecei a dizer, mas fui cortada.

— Olha, Lily... desculpe-me por chegar assim do nada. Vejo que não confia em mim e tem toda a razão. Mas quando a vi... Algo dentro de mim se iluminou, é como se eu a conhecesse há muito tempo. Sei que parece loucura, mas não me sinto assim desde de... nem sei dizer. — Nunca vi um homem falar tanto assim, fiquei com vontade de rir. Ele se virou, parecia envergonhado, não sabia dizer. O jeito dele, de alguma forma me lembrava o Fal.

— Mas o que... — Ao se virar pude notar sua tatuagem, perdido entre outros desenhos, havia um Serafim. — O que significa essa tatuagem?

— Ah! — Gabriel voltou a me observar. — Isso é um pouco constrangedor. — Ele riu, tão naturalmente. — A verdade é que sonhei com uma garota, ela acreditava em anjos e me falava muito sobre um serafim em especial, sentia inveja quando ela falava. Mas me fez acreditar neles. Que estão nos guiando e protegendo o tempo todo. Acordei acreditando muito nisso, sabe... está tudo bem?

Não é um serafim, mas gostei dessa tatuagem (via)

Falkenner era um serafim... A cada dia que passa eu penso que tudo não passou de um sonho e agora me aparece esse homem. Tão lindo, com esse jeito tão semelhante e essa tatuagem. Eu nunca confiei em ninguém, mas estar ao lado desse homem me trazia segurança. O que ele disse antes sobre me conhecer, não parecia loucura para mim. Eu estava atônita.

— Eu preciso te contar uma coisa.

Então disse aquele lindo estranho minha história, ele me ouviu pacientemente enquanto contava tudo o que passei com Falkenner, que ele era a razão de eu estar naquele lugar. Após terminar Gabriel ficou pensativo por alguns segundos e o que fez em seguida fez meu coração acelerar. Ele me abraçou, tão quente e doce, me deixei levar por aquele abraço. Nada mais fazia sentido, mas eu estava feliz. Não me sentia assim desde... também não saberia dizer. Se era o destino ou se era um anjo que nos guiou não importava, eu ia agarrar essa oportunidade.

— Lily. — Gabriel sussurrou sem me soltar. — Gostaria de conhecer minha casa no campo? Os lírios definitivamente combinam mais com sua beleza, do que esses girassóis.

Se Gabriel era tão parecido quanto o Fal que achava conhecer, sabia que ele era comportado o suficiente para não tomar essa iniciativa. Por isso, fiquei na ponta dos pés e puxei delicadamente seu rosto e o beijei.

— Eu adoraria.



Devo dizer que estou sendo muito mal influenciada pelos shoujos que ando lendo, a história não era pra acabar tão bonitinha assim, mas estava de bom humor... E já sabem né. Mas no fim achei que ficou bem fofo e vocês? Espero de verdade que tenham gostado e desculpem a demora pela continuação, a inspiração demorou a vir. Deixem sua opinião vou adorar ler. 


Você pode gostar também

43 comentários

  1. Oi, tudo bem?
    A história ficou realmente bem fofa e eu gostei bastante!
    Continue escrevendo e se aperfeiçoando cada vez mais!
    Espero que a inspiração apareça novamente e que você compartilhe mais textos por aqui.

    Beijos :*
    http://www.livrosesonhos.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Maiara, fico feliz que tenha concordado comigo *-*
      Muito obrigada pelas palavras, também quero que a inspiração apareça e não suma mais, haha! ♥

      Excluir
  2. Adoorei o texto, primeira vez que entro aqui, mas já vi que você escreve muito bem *--*
    Beijos, Love is Colorful & Sorteio Lentes para Celular

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada Barbara, fico feliz que tenha gostado! ♥

      Excluir
  3. Que fofo! Queria ter esse dom para escrita, mas não tenho haha Tá mega fofo. <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hehe, obrigada. Eu estou só começando, fico feliz com seu comentário.

      Excluir
  4. Realmente, ficou muito amor, curti a construção do texto, parabéns!
    Ficou um romântico de dia de chuva... :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, Lilian. Muito bom ler esse tipo de comentário. ♥

      Excluir
  5. Olá!
    Que história fofa! Adorei!
    Aguardo por outras histórias assim. Que você tenha muita inspiração!
    Beijos.

    Li
    Literalizando Sonhos

    ResponderExcluir
  6. História fofa>>>
    Gostei, muito legal!

    Ah, passando para avisar que saiu uma divulgação fofa do seu blog, passa lá para conferir e mostrar aos amigos.
    Blog ArroJada Mix
    Divulgação de Blogs

    ResponderExcluir
  7. Oi, flor.
    Você tem uma escrita agradável e gostei do enredo. Mas confesso que, diferente de você, não estava no clima para um romance meloso (rs). Mesmo assim, foi gostoso acompanhar a confusão da personagem. O amor pode surpreender a gente e isso é belo.

    Beijos!
    http://www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jura? Ah! Entendo perfeitamente, mas muito obrigada pelo comentário, adorei ♥

      Excluir
  8. Que coisa mais fofa gente,amei e o final ficou lindo sim,gostei muito.Parabéns,você escreve super bem.

    bjs

    ResponderExcluir
  9. Apenas continue! Adorei, adorei. Achei bem fofo e interessante Haha quero mais!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OBA! Que bom que gostou, espero escrever muito mais ♥

      Excluir
  10. Olá, nossa estou amando a história! Você escreve muito bem, continue!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
  11. Mariana, seu conto ficou lindo e terminou muito fofo!
    Será q Gabriel não era o Fal que desceu dos céus só para ficar com ela? Adorei e me deixou pensativa!
    Bjs

    http://achadosdamila.blogspot.com.br/
    https://www.facebook.com/achadosdamila

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada e essa é uma ótima interpretação ♥
      Fiquei muito feliz com seu comentário Mila, obrigada!

      Excluir
  12. Que fofura a história!
    Você escreve muito bem, continue escrevendo porque eu tô adorando ler seus textos, rs <3
    Beijos!

    ResponderExcluir
  13. Tem que acabar amor mesmo mari u.u kkkkk o mundo já ta cheio de coisa ruim kkk VIVA OS FINAIS FELIZES!!! kkkkkk

    ResponderExcluir
  14. Oie, tudo bem?
    Gostei do final foooofooo! Eu gosto de finais trágicos, amo, mas finais fofos me comovem demais T_T
    Adorei a tattoo que você postou, gente, que traço mais lindo!!
    Beijos

    LuMartinho | Face

    ResponderExcluir
  15. Oi ! Tudo bem?

    Ás vezes a inspiração parece correr da gente neah? O importante é que você conseguiu fazer a continuação.

    Abraços,
    Ludy
    http://nodivacomaspalavras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Oi Mariana! Gostei da escrita e todo o desenvolvimento.
    Sabe o que mais gosto num livro? Riqueza de detalhes, gosto de visualizar tudo o que ocorre na cena e também o cenário.
    Gostei do tema, romântico e fantástico!Lindo final.
    Mila-Scraplivros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mila, muito obrigada por seu comentário. Adorei ler ♥

      Excluir
  17. Mariana, sempre curto muito
    as coisas que você escreve.
    Continue compartilhando mais esse talento conosco
    é um prazer ter a oportunidade de te ler.
    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Kris, fico muito feliz em saber disso! *-*

      Excluir
  18. mano to morrendo de tanta fofura *---* adorei viu.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Haha que amor, fico feliz que tenha gostado! ♥

      Excluir
  19. QUERO CONTINUAÇÃO.
    Ah amo anjos.
    Sabe o que a história lembrou??? O livro O PENHASCO
    Ameiiiiiii e achei mega fofo e adoro personagens com tatuagens

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Continuação? Eu já tinha acabado essa história. Isso me deixa empolgada ♥
      Não conheço esse livro, vou dar uma pesquisadinha pra ver do que se trata.
      Obrigada pelo comentário.

      Excluir
  20. Com relação a escrita te dou os parabéns, ficou tudo bem coeso e de fácil entendimento.
    Já a história em si não faz muito meu estilo, não curto histórias fofas assim rsrsrsrsrs.

    Continue escrevendo!

    Abraço,
    Diego de França
    www.leitorsagaz.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Entendo que não curta histórias fofas, haha.
      Mas muito obrigada pelas palavras.
      Abraços.

      Excluir
  21. Ler shoujo é vida <3
    Eu achei bom do jeito que ficou, sendo fofo e tal. Adorei sua escrita e espero por mais *-*

    ResponderExcluir
  22. Moça, que fofinho ficou. Adorei demais mesmo, Moreeeeeee!

    ResponderExcluir

Mais acessados

Curta no Facebook

Twitter

//]]>