#Desabafo: Seja legal.

10:29

Minha vida está uma loucura!


Não tem outro jeito de começar esse post. Sei que muita gente vai se identificar comigo, trabalhar em tempo integral e ainda estudar não é tão easy assim. Mas, ainda tem pessoas que não conseguem entender isso e ao invés de facilitar só piora a situação.

Vou citar um caso que é tão comum que eu ouvi de várias pessoas diferentes. Você está cansado, desanimado e quase jogando tudo para o ar e vem aquela pessoinha e lhe diz "mas fulano de tal faz isso, aquilo e ainda aquela outra coisa e é feliz." Bom pra ela. Tem coisa mais chata do que ouvir isso? Pior é ouvir "Mas seu curso é mais fácil, veja Ciclano, faz engenharia que é bem mais difícil e está tranquilo." Se você não ouviu isso um dia na vida, vai ouvir.

Hoje em dia você não pode desabafar sobre como se sente que as pessoas logo interpretam como "você reclama demais, reclamar não vai mudar nada", na verdade, muda sim. Soltar pra fora tudo o que incomoda é um jeito de aliviar a tensão, pelo menos para mim. Não é porque estou cansada de trabalhar e estudar ao mesmo tempo que eu vou simplesmente largar tudo, só estou desabafando a respeito. Limites, galera. Todo mundo tem o seu e quando estoura não é legal.

"Temos de aprender a viver todos como irmãos ou morreremos todos como loucos." Martin Luther King

Se ainda não passou, você vai passar por isso um dia, então, num futuro próximo quando alguém reclamar sobre o que for, não vá atirando a primeira pedra, seja legal. Frases prontas como as que citei e que todos conhecem não ajuda em nada. Muitas vezes a pessoa sabe que reclamar não vai mudar, mas ela quer apenas falar. Então deixe, caramba.

Mas não é só de reclamações que esse post foi feito. A parte boa é que vou voltar, aleluia. Consegui um estágio novamente, o que é um sonho pra quem faz faculdade, convenhamos. E com esse tempinho livre poderei:

1. Estudar mais / 2. Descansar / 3. Manter meu quarto em ordem / 4. Escrever para o blog

O tópico 3 é muito importante, meu quarto virou um ninho de bagunça pela falta de tempo, já estava entrando em desespero e quem se identifica manda um abraço virtual e sejam legais nos comentários, estou desabafando com vocês.

"Seja como for o que penses, creio que é melhor dizê-lo com boas palavras." Shakespeare

Você pode gostar também

22 comentários

  1. Eu me identifico com o 3, hahaha.
    E honestamente, eu não sei como vocês conseguem trabalhar e estudar ao mesmo tempo. Eu já digo logo de cara que não consigo fazer as duas coisas e mesmo com mais tempo sobrando não consigo deixar o quarto em ordem e mal consigo blogar. Você é uma guerreira, parabéns.

    ResponderExcluir
  2. Complicado ficar sem tempo, a gente fica desanimo em ver as coisas ao nosso redor tomando uma desordem tamanha e a gente sem tempo...
    Eu ando assim...
    Acho que tem que respirar e seguir em frente.

    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
  3. verdade, essas frase tem efeito contrário, deixam a pessoa ainda pior... e fico feliz que vc vai voltar :d
    gosto das tuas postagens...
    nem fala em quarto bagunçado kkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  4. Eu concordo com o seu post, existe uma doença em que apessoa precisa sustentar o capitalismo e ainda ser feliz, uma visão romântica de certas coisas que me assustam, me senti representada em sua postagem...

    ResponderExcluir
  5. Oi
    Olha eu concordo com seu post, serio as pessoas tem uma mania de te julgar, eles não estão nem ai se você vai se machucar ou não, e outras não é fácil, nem todas as pessoas conseguem lidar com certas coisas mas fáceis como outras. Eu super entendo seu desabafo, por que já passei por isso, e sei como isso é ruim. É uma pressão, uma correria que as vezes certas vontades ruins dar vontade mesmo de fazer, mas eu creio que o certo seria tentar ''Conciliar'' as coisas para não tornar tudo mas complicado. Adorei seu post, me identifiquei muito e muito mesmo nele, bjos <3

    - Garotinha adolescente!

    ResponderExcluir
  6. Só sabe dos seus desafios quem andou com seus próprios sapatos, do resto é resto. Beijos e bola pra frente!

    ResponderExcluir
  7. Oi, tudo bem?
    Acredito que todo mundo se ainda não passou, passará por uma situação parecida!!
    As pessoas acham sempre mais fácil falar e julgar, fazer comparações do que realmente tentar se por no nosso lugar.
    Sorte nas suas coisas e força para enfrentar as adversidades!

    Beijos :*
    http://www.livrosesonhos.com

    ResponderExcluir
  8. Infelizmente ou felizmente eu não passei por essa fase! Com o apoio de meus pais, primeiro terminei os estudos e em seguida comecei cursos e foi aí que minha vida virou de ponta cabeça, pois nesse meio tempo comecei a trabalhar e quando pensei que iria aliviar, virou novamente! Pois iniciei um curso paralelo com o trabalho, que eu chegava tarde da noite em casa. :/

    Lhe compreendo! Mas isso passa.
    Atenciosamente Um baixinho nos Livros.

    ResponderExcluir
  9. Oi, flor. Sabe, só piora. Hahahaha. Desculpe, mas não era para essa frase parecer tão pessimista. A verdade é que estou hoje com 28 anos e sinto uma saudade da infância, da adolescência, da juventude (que ainda estou vivendo, mas não tenho tempo para curtir). Tornar-se adulto nos rouba a leveza dos simples momentos. Estamos ali, mas não estamos. Sempre temos o que pensar, o que fazer, com o que nos preocupar. Por isso, flor, amadurecer é aprender a administrar tudo isso sem deixar a vida passar por você. Esse é o grande desafio. Às vezes chego em casa depois de um dia exaustivo, sabendo que ainda terei o "terceiro round" para vencer, e encontro a mesa pronta… o jantar me aguardando… como uma surpresa do meu marido. Aquilo me enche de alegria, de ternura e me faz ver que, mesmo na correria, o que faz tudo valer a pena são as pessoas. Continue batalhando, flor!

    Beijos!
    http://www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Oee, tudo bem?
    Já disse que amo seu blog? Hahah. Amei o post!!

    Abraços!
    http://lendocomobiel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Concordo com o seu desabafo. Nossa, como isso acontece. No meu caso é que estou grávida, então estão sempre comprando com outras mulheres que não reclamam e fazem muitas mais coisas do que eu. Uma chatice!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  12. Concordo muito com seu texto.
    Aqui em casa quando eu dou um pio, já me chamam de velha reclamona. Poxa, eu só quero reclamar, deixa eu falar só um tiquinho!
    kkkk ter tempo pro blog é divino. Já estou adorando minhas férias.
    bjs, bjs

    ResponderExcluir
  13. Mari, é mesmo muito difícil lidar com essas coisas. As pessoas esquecem que as pessoas são diferentes e que cada um lida de uma forma com as situações da vida. É mais ou menos aquela história de "você não tem motivo para estar deprimida, olha quanta gente passando fome". Sim, tem gente em situações piores que nós, mas isso não invalida nossas dificuldades/sofrimentos. Mas é isso mesmo, só você sabe os desafios pelos quais teve que passar! Boa sorte com tudo, flor.

    Beijos, Maria.
    http://nerdsideblog.tumblr.com

    ResponderExcluir
  14. É algo que eu também tenho reparado, que as pessoas parecem não ter mais paciência para ouvir os outros, tenho tentado começar a mudança por mim mesma, ouvir mais quando alguém precisa desabafar comigo, ser mais legal.

    ResponderExcluir
  15. Eu me identifico. Muito!
    2015 foi um ano que me tirou completamente do eixo, mas eu já estou me reerguendo.
    Realmente as pessoas veem a nossa vida de fora e acha que é tudo lindo. Mera ilusão.
    Amei muito!

    beijocas,
    http://www.segredosentreamigas.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Olá Mariana, eu te entendo, também estou fazendo faculdade e trabalhando em período integral e mesmo que meu curso não seja tão complexo pesa principalmente neste período final do ano onde temos as provas Ç.Ç Fico feliz que tenha conseguido um estagio e tomara que consiga aproveitar bem seu tempo livre *-*

    Visite "Meu Mundo, Meu Estilo"

    ResponderExcluir
  17. Oi, tudo bem?
    Super me identifiquei, o que mais escuto é isso, principalmente: "o seu curso é tão fácil". O que mais percebo é que as pessoas gostam de críticar, mas quando precisamos de uma palavra amiga em um momento desse, acabam é falando mal e piorando a situação.
    Bem, boa sorte nessa nova fase do estágio. Todo sucesso pra você.

    Beijos
    Leitora Sempre

    ResponderExcluir
  18. Ai querida, entendo você totalmente e enfrento os mesmo problemas. Fulaninho esta fazendo isso e aquilo, você aí... Da raiva, mas mande essas pessoas com seus discursos fajutos, que não estão passando pelo que você esta passando, explodirem lá naquele lugarzinho. Cada um possui o seu limite, você tem que encontrar o seu, uns tem menos outros aguentam uma carga maior. Não deixe de blogar, pois esse cantinho sempre é uma ótima válvula de escape quando se precisa divertir sem sair de casa. Gostaria de dizer "um dia isso acaba", mas sabemos que infelizmente não é bem assim

    http://umreinomuitodistante.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Posso assinar embaixo? Entendo sua problemática com toda a certeza. O pior de tudo é o fato de as pessoas cismarem em opinar em algo que não é da conta alheia de forma negativa. Vamos melhorar a vida das pessoas com palavras inspiradoras, não o contrário.

    ResponderExcluir
  20. Eu odeio quem reclama depois e pior: reclama de tudo, mas concordo plenamente com você. Se a pessoa está cansada de fazer o que faz mas não quer desistir, ela tem sim o direito de reclamar, nem que seja só pra extravasar um pouco. E, provavelmente, ela não fará isso na frente de estranhos, né? Um parente ou amigo que fala que ela reclama depois e a rebaixa desse jeito não merece contato nenhum, e se isso acontece comigo eu já começo a repensar sobre as essas pessoas que estão ao meu lado.

    Abraço,
    literarizei.blogspot.com

    ResponderExcluir
  21. Eu ainda não me identifico com isso. Ano que vem estou começando o segundo ano do ensino médio e o máximo que já me aconteceu é ficar atolada em trabalhos escolares e não poder colocar minhas leituras em dia, o que, perto do que milhares de pessoas passam todos os dias, não é quase nada. Sinceramente, existe uma parte de mim que sente medo de entrar na vida adulta por conta de tudo o que tenho visto ao meu redor, mas o jeito é enfrentar essa nova fase com a cabeça lá no alto. Adorei sua publicação - até aproveitei pra desabafar um pouco também, hahah. Torço para que você aproveite bem seu tempo livre *u*

    Beijos,
    Fernanda F. Goulart,
    Império Imaginário.

    ResponderExcluir
  22. Oii!

    Esse ano foi uma bagunça para mim também! Estou fazendo tanta coisa ao mesmo tempo que nem tenho tempo de, por exemplo, arrumar o quarto! E sim é ótimo desabafar com as pessoas e elas tem que entender que você está confiando nelas para dizer aquilo não reclamando. ico feliz que você tenha desabafado conosco e que tenha conseguido um estágio o/
    Espero que sua vida fique em ordem!

    Beijos, Amanda
    www.vicio-de-leitura.com

    ResponderExcluir

Mais acessados

Curta no Facebook

Twitter

//]]>