Um desabafo sobre mudanças e egoísmos

12:17


Como todos no mundo, eu também tenho defeitos. Sou muito teimosa e em alguns casos muito egoísta. Adorava o fato de ser muito mimada por amigos e companheiros, é verdade. Mas não significa que eu seja uma pessoa mimada de fato. Existem razões, que não convém comentar agora, para eu aceitar e me acostumar facilmente com o mimo das pessoas.

O problema é que eu fiquei mal-acostumada e isso me tornou um pouco egoísta. Desejando que as pessoas me aceitassem, aceitassem minhas ideias. Mas eu não fazia esforço para aceitar os outros.

Mas mudei, para o bem, para o mal. Conheci alguém tão ruim quanto eu para mudar de ideia, uma pessoa tão teimosa que me dá nos nervos. Resultado, precisei mudar um bocadinho da minha personalidade para uma boa convivência. Um grande erro de minha parte.


Tenho tendências depressivas, me irrito facilmente e tenho crises de ansiedade. Isso tudo piorou drasticamente quando decidi mudar. A verdade é que eu não mudei. Apenas guardei tudo dentro de mim e isso foi me angustiando cada dia mais, até que me tornei uma bomba, que estourava em gritos e lágrimas com uma facilidade exorbitante. 

Mas aprendi uma coisa com isso tudo. Nunca exija nada de ninguém. Nada mesmo. Se o que o outro tem te incomoda, aprenda a conviver com isso. Pode reclamar se desejar, mas saiba que vai ouvir de volta. E se gosta mesmo da pessoa, uma hora vai se tornando mais fácil. E se não gosta, apenas caia fora. Brigas e desentendimentos vão acontecer com ou sem sua aceitação sobre isso. Faz parte da vida, eu acho.

Eu tenho muitas coisas que incomodam as pessoas, eu sei porque elas falam na minha cara. A vontade que eu tenho é de mandar para o quinto dos infernos, algumas coisas machucam, irritam. O que eu digo é “beleza” é a opinião deles, quando estou irritada digo algo pior, o que acontece na maioria das vezes, admito. Só que eu acredito que essas pessoas ainda não sentiram a dor de serem oprimidos por alguém. E se sentiram, ainda não aprenderam que mudar e exigir esse tipo de mudança não vai melhorar. Pelo menos não para mim.

Se as coisas melhoraram para mim por causa disso? Bem, ainda estou no início dessa nova fase, os desentendimentos com a vida melhoraram, mas por ter parado de mudar, as reclamações têm aumentado. Palavras vem e vão, o tempo todo. O estresse vem e vai junto com elas. Uma hora me acostumo e não me irritarei mais. Está bem melhor assim, e ao contrário do que diz o ditado, acredito que a tendência agora é só melhorar.

Se você passou/passa por algo parecido, deixa aqui em baixo nos comentários. Caso não queira aparecer, pode me mandar um e-mail. Vou adorar saber o que vocês têm a dizer. E lembre-se de que você não precisa mudar pra ser feliz.
  

Você pode gostar também

8 comentários

  1. Sempre que eu penso em egoísmo, eu lembro daquelas pessoas que são chatas, que ninguém suporta e é dada como "metida", mas o egoísmo é nada além de não aceitar a opinião alheia e colocar a sua opinião como certa. A cada dia tento melhorar e me colocar no lugar das pessoas e deixar esse egoísmo de lado. Aceitar o outro, se conformar e aprender com isso.

    beijos.
    labiosconfusos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E isso é um problema que TODO MUNDO tem, só não consegue perceber. Bom saber que está tentando melhorar, isso já torna o mundo melhor ♥ hehe.
      Beijos.

      Excluir
  2. Tenho um temperamento parecido: sou explosiva quando irritada e contrariada. Já até tentei mudar, mas a falta de vontade mesmo era pouco. Por fim comecei a ponderar a minha forma sincera de ser. Afinal de contas a vida nos ensina.

    Beijos
    Karolini
    http//:womenrocker.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente! Infelizmente não adianta falar muito para as pessoas, elas não vão ouvir. Eu não ouvi. Mas a vida trata de ensiná-las, de um jeito ou de outro você aprende.

      Obrigada pelo comentário, beijos.

      Excluir
  3. Sou um pouco parecida com você. Eu sei que eu tenho que mudar algumas coisas, mas vivo em um dilema: ser como eu sou e ser sozinha x mudar minha essência para me encaixar em um grupo.
    O certo é que em algum momento precisamos ceder. Seja para dizer não e seguir do nosso jeito, seja para abdicar de algo que somos para o bem de outro.
    Manter o equilíbrio é fundamental.
    Bjuxxxx

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Belo conselho Poly, concordo plenamente! ♥

      Excluir
  4. Oi Mari,me identifiquei tanto com seu texto. Passei e ainda passo por isso,mas tenho tentado mudar mais por mim que pelos outros.
    Grande beijo da carô
    http://heycaaro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom Carol, o importante é que você está tentando e logo você vai conseguir ♥
      Um beijão e obrigada pelo carinho.

      Excluir

Mais acessados

Curta no Facebook

Twitter

//]]>