Nausicaä do Vale do Vento, Hayao Miyazaki (Studio Ghibli)

08:00


Uma das minhas metas de vida é assistir TODOS os filmes do Studio Ghibli (sem exceções). Só que eu acabo me enrolando, vou assistindo as coisas que estão saindo e, atualmente, estou numa vibe ruim que nada me agrada (não leio, não assisto, não como, não vivo - tá exagerei um pouquinho). Mas está bem complicadinho fazer as coisas direito.

O ponto é - o grupo Geek Nelas estipulou que um tema para a Blogagem Coletiva seria…

Pausa para o suspense…

Escolher um filme do Studio Ghibli para assistir e dar a opinião. Olha só a oportunidade sendo esfregada na minha cara.

Eu queria, porque queria REver A Viagem de Chihiro. Eu assisti essa animação quando era criança e não lembro de nada. Porém, o destino me presenteou com outro filme: Nausicaä do Vale do Vento, de Hayao Miyazaki.

O que aconteceu foi: os alunos do curso de cinema da Faculdade de Artes do Paraná iriam exibir esse filme na segunda a noite (aparentemente eles fazem isso toda segunda). Decidi sair do trabalho e ir direto para a FAP ver o filme (é de graça mesmo). 

Imagem (via)

Nausicaä do Vale do Vento se passa num mundo pós apocalíptico, mil anos depois de um evento conhecido como os Sete Dias de Fogo ter quase destruído o ecossistema e acabado com a civilização humana.

Mesmo mil anos tendo se passado, a sobrevivência neste mundo ainda é muito difícil e a humanidade está quase desaparecendo por conta do Mar da Podridão, uma floresta com plantas e insetos gigantes e que não para de se expandir. O problema é que, tudo nesta floresta é tóxica, incluindo o ar.


E é assim que o filme se inicia, com Nausicaä a princesa do Vale do Vento, entrando nessa floresta. Ela é a típica princesa adorada pela população. E não é para menos, a garota é incrível. Enquanto todos temem a expansão da floresta e seus insetos gigantes, Nausicaä não, ela tenta compreendê-los, observando-os e estudando a fim de encontrar uma cura para as toxinas e conviver em paz com os insetos. E é muito bonitinha essa relação que ela tem com os Ohmus, esses insetos gigantes que, quando irritados, podem só destruir uma cidade inteira.


A população está dividida, dentre elas o Vale do Vento é o mais pacífico. Apesar de temerem a floresta, não fazem nada para prejudicá-la. Mas existem outros reinos que querem acabar com o Mar da Podridão e tudo o que há nele. E Nausicaä acaba se envolvendo numa nova briga entre os que querem reviver uma arma biológica para acabar com a floresta e os que provocam (torturam) os Ohmus para que se irritem e ataquem o vale para impedir que está arma seja ativada. E não é para menos, pois esta mesma arma biológica foi a que causou a quase destruição do mundo. O que justifica em nada abusar dos Ohmus - eu chorei muito nessa hora.

Esse é um tipo de filme que passa uma mensagem muito forte sobre os cuidados que devemos ter com o meio ambiente. E Nausicaä é uma personagem que defende com unhas e dentes a natureza. E desde pequena ela é assim, ela tentou fortemente proteger um filhotinho de Ohmus quando criança. Ela é a única personagem que consegue se conectar com a natureza e os insetos.

Nausicaä do Vale do Vento é um filme de 1984, mas a animação supera qualquer coisa da época (e eu estava acompanhada de um ilustrador que pode confirmar que a animação está realmente incrível). Eu geralmente tenho receio de ver coisas muito antigas, pois sou muito chata com a parte visual. E tive problema nenhum com este.


Como eu disse, o filme é de 1984 e o Studio Ghibli só foi fundado no ano seguinte. Pode não fazer parte, mas foi muito importante para a criação do Studio.

Nausicaä do Vale do Vento é lindo, com uma mensagem importante, com personagens femininas lindas e fortes, um mundo fantástico e animais incríveis. Vale muito a pena assistir.


Você pode gostar também

9 comentários

  1. Mari, estou me identificando cada vez mais com vc! Eu tenho muita vontade de ver todos os filmes da Ghibli, porque tem vários que eu não assisti, enquanto existem alguns que eu vi há muito tempo e não lembro mais. Nausicaa é um dos que eu não assisti e adorei a sua resenha! Tomara que a gente consiga ver todos, vamos nos esforçar juntas \o/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Awn, sério? Que legal! (づ。◕‿‿◕。)づ
      Eu comprei o box, agoa estou com 6 filmes para assistir ♥
      Ok, um deles é o Nausicaä, mas beleza, haha. Vou poder ver outros 5 agora *-*
      Vamos sim, GANBATTE!

      Excluir
  2. Eu tenho a mesma meta que você (ver todos os filmes do Studio Ghibli) e entre os filmes que eu tenho e ainda não vi estão Porco rosso, ariety e..Nausicaa. E estou me enrolando faz um tempao! Sua resenha me deu bastante vontade de assistir e vou tentar fazer isso ainda essa semana.

    Beijos, Vickawaii
    Www.neverland.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Todo mundo quer ver as animações do Studio ♥ hehe!
      Fico feliz que tenha te animado, espero que goste! Me conta se gostou daí, bele? Beeijos, Vii!

      Excluir
  3. Ai, que história maravilhosa... me encantei sem nem assistir. Minha meta também é assistir TODOS os filmes e esse já é um dos que eu tô mais ansioso! *-* Aliás, amo coisas que envolvem conscientização <3

    PS: Que header LINDA do blog!

    http://www.sextadimensao.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. HAHA tô adorando ler os comentários de "essa é a minha meta também!"

      (∩˃o˂∩)♡

      Muito obrigada! ♥
      Beijos, Yuriii!

      Excluir
  4. AAH essa tbm é a minha meta, Assistir todos os filmes do Studio Ghibli <3 Ainda não assisti esse filme, na verdade to seguindo uma listinha, mas parece ser otimo como tudo vindo do Studio Ghibli <3

    www.meowgicalgirl.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E este está em qual lugar da sua lista? hehe ♥

      Excluir
  5. O ilustrador pode garantir sim que a animação é boa e a companhia foi ótima :3

    ResponderExcluir

Mais acessados

Curta no Facebook

Twitter

//]]>